6.5.16

mudança imposta
retrocesso à realidade
resgatada de início
forte: choque

tempo o mesmo
tempo o mesmo

gritos e sussurros e liberdade posta sob as grades do olhar
cortante

do respeito autoritário

o tempo é o mesmo mas sou outro, penso
acredito realmente que algo vá mudar que eu
vá mudar, creio, espero,
que mude, mude
mude

o ritmo do passo parece o mesmo e tudo o que posso é respirar calma e profundamente

sem esquecer-me quem sou

rumo ao inerte

contemplo o vazio

da vida que criei:

ser nada mais do mesmo

Um comentário:

Anjopoesia Anp disse...

Parabéns pelo espaço, gostei...um Bom dia...