11.3.09

Magnetismo divino

Como devem saber - não creio que desconhecidos leiam isso - passei pra Direito na UFF esse ano, pro segundo semestre. Graças a isso, fui hoje de barca a Niterói fazer minha matrícula.

Na volta pro Rio de Janeiro, eu e todos os passageiros nos deparamos com um homem divulgando pra quem queria ouvir (e aqueles que não queriam também) a filosofia de sua igreja.

Até aí tudo bem, fanáticos religiosos não são tão incomuns assim.
Discurso vai, discurso vem, e o cara vem e diz "as cartas da Elma Chips são demoníacas". q. Achei que havia escutado algo errado, mas não, ele realmente quis dizer aquilo: segundo ele, tais cartas tem o poder de liberar os dragões e cobras no mundo. Devemos nos salvar deste mal enterrando-as - nunca queimando-as, é importante enfatizar isso.

Além disso, ele afirmava que Deus nos dá um poder magnético, com o qual devemos praticar o bem. Ensine-me a controlar esse tipo de coisa e vou fazer um bem danado pra minha vida sem me mover pra pegar as chaves antes de sair de casa.

Depois de minutos falando, alguém resolve mandar um "SHHHH". Nesse momento, o PASTOR dele levanta e confirma tudo que o indivíduo havia falado, com apenas um comentário: "Vocês não podem falar nada, são todos pecadores impuros! Deixem quem tem a alma pura falar!". O cara interrompe seu manipulador ideológico e fala: "Desculpe, mas eu admito que não sou puro. Ando fumando aquela malvada maconha."

Juro que nessa hora deu pra ouvir o coro de pensamentos "ah, agora tá explicado" na barca.

Ainda assim ele continuou falando dos dragões, Elma Chips, Bíblia, Magnestismo, Homossexualismo e Apocalipse, sem ninguém dar a menor importância. A moça ao meu lado ria baixinho enquanto lia uma apostila de Segurança do Trabalho, falando de extintores. Posso garantir que combate a incêndios não é uma matéria muito engraçada.
Quando chegávamos à estação, o sujeito começa a resmungar pra si mesmo "Essa tecnologia avançada.. pff! Deveriam seguir o caminho psíquico!", e continua falando sobre Jesus:

- Vocês acham que só porque Jesus morreu acabou tudo, é? Acham que ele não deixou herdeiros? Jesus venceu a morte! Só porque ele morreu não acabou!!

Nessa frase ele acabou com toda a doutrina Cristã. Ele está ignorando completamente o fato de que, com a morte de Cristo, formou-se uma legião de seguidores do filho de Deus, originando a criação de uma Igreja, que influenciou diretamente diversos acontecimentos durante a História mundial.

Um tipo desses sofreu lavagem cerebral, não é possível.

Acho que ele está errado quanto a muitas coisas, mas ainda assim ele está no seu direito de opinião e crença. O que me intriga é a seguinte questão: será que ele pode ser considerado vítima de uma sociedade sem perspectiva que o fez acreditar fielmente nas palavras bonitas de um homem, ou será que ele tem consciência do que diz e pode ser realmente considerado responsável pelo que divulga?

Em todo caso, foi uma experiência realmente intrigante. Ainda mais porque não faço ideia de quais sejam as tais cartas da Elma Chips.

4 comentários:

Pati disse...

cara,se o mundo acabar em 2012,eu NUNCA mais como fandangos! juro! hahaha

Marie disse...

HAHAHA primeira vez que acho alguém que pensa parecido comigo em relação á religião. seguindo seu blog á partir de agora, curti bastante :*

Lara Mendonça disse...

Pedro, eu simplesmente ROLEI de rir lendo isso (e são 3 da manhã de uma segunda).

Eu posso te dizer uma coisa: Você sabe que eu sou evangélica e que penso diferente da maioria. Há 50 anos atrás, era condenável ter tatuagem. Há 2000, cortar o cabelo. Agora, outras coisas são condenáveis (na opinião de alguns).

Eu não vou me deixar levar pela maioria, vou entender da minha religião somente o que ela realmente prega: tolerância, respeito e amor ao próximo.

Gostar de Harry Potter me leva pro inferno? Ouvir rock me leva pro inferno? Gostar de cartinhas da Elma Chips me leva pro inferno? Então, bem... O Céu deve ser um lugar chato e vazio, só pode.

Realmente não acho que esse cara tem culpa de nada, afinal a 'malvada maconha' e o pastor o entupiram de idéias distorcidas. Pior são aqueles (tipo Padre Quevedo e Bispo Macedo - isso me lembrou daquele funk DOna Gigi - que por sinal também pode ser classificado por essa gente como demoníaco, e isso varre do céu todos os cariocas e afins) que tem dinheiro e cultura, e fingem que acreditam nessas coisas pra tirar dinheiro dos pobres.

Se vender lote do céu - como faz a Universal - e prometer que deus VAI te dar aquele apartamento, aquele carro - porque Deus é quase a Loteria Federal, só serve pra te dar tudo de mão beijada - não for pecado, eu não sei mas o que é.

Só sei no que EU acredito, respeito a crença alheia, mesmo não acreditando nela. Não acredito que QUALQUER caminho leve a Deus, porque tem muito caminho tortuoso por ai... Mas como diria alguém sábio da biblia:

'Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte
Não temeria mal algum, porque Deus está comigo'

E tenho dito. BJS

Anônimo disse...

Sua pergunta foi tão pertinente que agora estou morrendo por uma resposta. Afinal, vivemos numa sociedade que corrompe, mente, influencia e isso desde os primeiros tempos. Acho que é quase da natureza humana (ou européia) isso. Mas ao mesmo tempo, nunca consegui me decidir até que ponto a culpa é de quem. Se a sociedade influencia, a sociedade é culpada ou é vítima? Pois ela influencia a ela mesma, não?

Culpo a falta de educação REAL para diversos problemas que enfrentamos (a economia, a violência, etc), mas ao mesmo tempo não sei se a falta de luta e anseio por educação é também um motivo para culpar os atingidos, entende?

Afinal, eu vivo também em uma sociedade capitalista e, mais do que isso, em um país base para o capitalismo dependente. Nunca me ensinaram na escola a ter autonomia científica, e ainda assim, é o que eu busco.

Eu posso agradecer isso aos meus pais, mas será que isso vem só deles? Da onde vem a minha crítica?

E por que ela vem para mim, e não para o estranho religioso na barca?

(E parabéns pela UFF!)